Inspiração

Decorar a casa – tem alguma importância?


6 Maio, 2020

Coisas e mais coisas para encher a casa

Estou em mais uma feira de decoração para lares. Artigos e produtos sem fim, e um igual número de vendedores que me tentam convencer comprar. O entusiasmo inicial muda neste instante para um infinito mar de futilidade. Porque fazer o esforço? Na última tentativa de reposicionar alguns móveis, pôr a mesa bonita e decorar a varanda ninguém notava a diferença. Se não um gasto de dinheiro – de certeza um gasto de energia sem resultado nenhum. Estou a passar horas importantes da minha vida para algo completamente inútil?

Dediquei tempo ao assunto. Precisava de tentar perceber. Eis a minha opinião.

Não vale a pena gastar….?

A verdade é que não é preciso. Quatro paredes, um teto, um chão e uma porta que se fecha à chave é suficiente para a nossa sobrevivência. Eu estive em casas assim, ou quase assim. Casas que se tornaram sítios práticos para guardar os bens, tomar refeições, manter a higiene pessoal, dormir e matar tempo livre.
Agora. Pergunto-me se as pessoas que vivem em casas práticas tempera a comida que ingerem? Porquê? É completamente inútil para a nossa sobrevivência. Compram vinhos caros aos sábados? Passam uma hora na cozinha para elaborar uma refeição que dura 15 minutos para comer? Porquê? – Porque esse esforço dá tempero à vida. Sem este esforço diária as nossas vidas iriam-se tornar insípidas. E é pela mesma razão que deveríamos preocupar-nos com a decoração da casa.

O nosso meio-ambiente afeta-nos

Deveríamos preocupar-nos com o ambiente em casa, porque afeta-nos. Sabemos que um ambiente agradável e organizado melhora a nossa produtividade no escritório. Elementos naturais como plantas e flores têm um efeito calmante e muitas plantas purificam também o ar em casa – tendo um impacto direto na nossa saúde. O lar afeta o teu humor e como estás. O teu lar tem a possibilidade de te dar energia, acalmar-te ou então irritar-te e colocar-te triste. Uma casa agradável e pessoal funciona como um bom amigo que te possa ajudar sentir-te um bocado melhor um dia mau e lembrar-te quem és e quais são os teus valores.

O gasto de dinheiro

No entanto não deves pensar em decoração como coisas bonitas para colocar no sítio certo em casa. Se caíres nessa armadilha vais antes ou depois sentir uma grande insatisfação e futilidade com os teus esforços. Decoração não é só uma satisfação visual de equilíbrio. Para a casa te dar bem-estar é preciso tentar satisfazer todos os sentidos sensoriais; via a audição (música emocional, água a correr, silêncio, alguém a falar…) via o olfato (pão caseiro, incenso, óleos essenciais, sabão, roupa lavada) e para não esquecer o tato (materiais diferentes, calor, frescura, humidade).

A maneira mais simples – uma dica gratuita

Portanto, a próxima vez que recebas visitas basta limpar e organizar as bancadas ou a mesa, por uma música agradável, acender umas velas, moderar e suavizar as luzes artificiais, colocar uma planta ou uma flor à vossa frente e ligar a máquina de café. De certeza que os teus convidados vão achar a tua casa agradável – e muito provavelmente tu também.

Beijinhos,
Anna

0 Commentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.


Instagram